Anti-Babaquismo – Parte 2

Baixo custo e diversão garantida

- por José Noce

Na postagem anterior, vimos o consumo alienado e a babaquice promovida por alguns jogadores podem afastar ou inibir a difusão de um hobbie. Entretanto, como ditam as leis da física: toda ação existe uma reação.

Alguns movimentos alternativos de jogadores deram uma banana para o consumo alienado orquestrado pelas grandes empresas e criaram um ambiente mais saudável para o jogo. Como eu havia citado, dois exemplos que eu tenho mais proximidade são as modalidades Pauper Magic e Paperhammer de Warhammer 40k.

No Pauper Magic são válidas só são válidas cartas comuns, de menor preço. As demais regras continuam válidas. Isso permite que jogadores menos afortunados possam também se divertir.

Paperhammer de Warhammer 40k, algumas ou todas as miniaturas do exército são produzidas em papel. Você imprime, recorta e coloca em uma base de EVA. Depois, é só ir para a batalha.

Outro exemplo digno de nota são os jogadores “órfãos” do card game Spellfire. Aqui no Brasil, mesmo com o cancelamento do jogo, eles mantem uma liga que realiza regularmente campeonatos, fazem algumas expansões próprias inspiradas em localidades, personagens históricos e folclóricos brasileiros. Estas expansões são tidas como oficiais, mesmo que apenas por aqui. E como cada expansão é vendida num pacote com todas as cartas, não tem especulação de preço.


Miniaturas de todos os tipos na mesma mesa.
A propagação dessas modalidades cresce a olhos vistos. Seja por causa dos baixos custos ou simplesmente para jogar num ambiente sadio e com gente bacana. Cada vez mais pessoas aderem a essa onda.

Se você é de BH ou região e ficou interessado nestes jogos, indico alguns locais:
  • Clube de JogosSétima Armada, onde o pessoal se reúne para jogar de tudo: RPGs, board games, card games. Uma galerinha cada vez maior tem se juntado lá para jogar Paperhammer 40k, incluindo este que vos tecla.
  • Na loja Grimorium acontecem campeonatos de Pauper e de Pauper Gigante de Duas Cabeças – modalidade 2 x 2 jogadores – pelo menos uma vez por semana.

Se você é de outra cidade, provavelmente uma rápida busca na internet já irá ajudá-lo. Porém, se mesmo assim não conseguir encontrar um jogo de baixo custo para chamar de seu, me procure. É sério. Vamos trocar uma idéia aqui no blog ou em outras redes sociais. Talvez este seja o momento de você criar uma mini-revolução por ai também. Conte comigo!

5 comentários:

  1. Ótima iniciativa! Este espírito é algo que estamos realmente precisando fortalecer nos dias de hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jogar com harmonia e respeito ao próximo.

      Excluir
    2. Pra mim, a socialização é o objetivo principal. Todos os outros ficam em segundo plano.

      Excluir
  2. Filipe, tenho que te parabenizar pela revisão desta postagem. Ficou muito mais melhor di bão do que o que eu escrevi. Só você pra traduzir minhas runas órkicas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu José, de vez em quando rola um trabalho de edição.

      Excluir