Meu primeiro mundo de fantasia

Plágio, mas divertido!

- por Filipe L. Dias

O mapa da foto foi o primeiro mundo criado por mim para as campanhas de Dungeons & Dragons. Relembro que a geografia foi baseada no mapa da Era Hiboriana, que fazia parte das revistas em quadrinhos Espada Selvagem de Conan o Bárbaro.

O cenário não tinha nome e nem descrição. O mapa foi feito sem muita preocupação em relação a distâncias, escala ou mesmo a descrição de cenário. Hoje, vejo que se fosse criar um cenário para uma campanha preferiria focar em um único reino e detalhar mais a história local para desenvolver as aventuras.

Foi uma primeira experiência, bem divertida e digitalizar esse mapa me fez lembrar que em 1994, o único recurso que tinha era papel, lápis e caneta, apimentada com um pouco de criatividade.

Quanto aos reinos e cidades, nunca receberam uma descrição. Inventava à medida que os personagens interagissem com o cenário.

Com essa postagem rápida deixo as dicas:
- Crie cenários pequenos e mais detalhados;
- Observe outros mapas, eles lhe darão grandes idéias ;

- Não mate as aulas de geografia. As noções de cartografia poderão lhe ajudar a compor um relevo e um clima para a terras que mapear mais convincente.


Mapa da revista Espada Selvagem de Conan


Nenhum comentário:

Postar um comentário