Caça as bruxas

Caça as bruxas, um filme capaz de inspirar boas aventuras!

O filme, passado no século 14, retrata o empenho do cavaleiro Behmen (Nicolas Cage) retorna à Europa das cruzadas e encontra sua cidade natal dizimada pela Peste Negra. Ele e seu seu fiel companheiro Felson (Ron Perlman) são incumbidos  pelo Cardeal da importante missão de levar uma mulher suspeita de bruxaria para o mosteiro onde seu poder será aniquilado. Behman aceita sob a condição de que a jovem camponesa vai receber um julgamento justo.

A Igreja acredita que a menina é a responsável pela Peste Negra. Durante a jornada estes homens enfrentarão um mal que ultrapassa a compreensão humana.

Estrelado por Nicolas Cage e Ron Perlman , o suspense medieval "Caça às bruxas" ("Season of the witch", no original), arrecadou mais de R$ 3,1 milhões em seu fim de semana de estreia, conquistando a liderança das bilheterias brasileiras. As informações são do boletim do site Filme B. Vale a pena conferir!

9 comentários:

  1. Esse filme inspirou-me para as próximas aventuras... Seria bom os jogadores de Hammerblood assistirem para se preparar!

    Deixando a brincadeira de lado, é um ótimo filme e a trama pode ser roubada para uma aventura rápida e linear!

    Bom divertimento! Acreditem, bruxas existem!

    ResponderExcluir
  2. Este filme traz boas idéias para aventuras, principalmente no que diz respeito à clérigos, bruxas e fanatismo.

    ResponderExcluir
  3. Perfeito pra inspirar uma campanha d Vampire The Dark Ages.

    ResponderExcluir
  4. não gostei muito do filme.

    pra mim ele dá boas idéias para aventuras de Paranóia. hahaha

    falando sério do pq não gostei, é que uma das coisas que me deixa contrariado é dar crédito e razão para as milhares de mortes de mulheres inocentes da idade média.

    pra mim isso soou como falta de respeito a todos que sofreram na mão de uma igreja ensandecida e cega por poder.

    e mesmo assim vcs tem q concordar q o filme é meio clichê, não traz nenhum elemento novo ou bem elaborado.

    mas essa é só uma opinião, não é pra criar discussão.

    ResponderExcluir
  5. Gleysson, o filme toca em outro aspecto delicado também! A guerra santa e a matança indiscriminada de sarracenos em nome de Deus.

    Você diz que o filme é cliche. Na verdade ele não aprofunda na história e basicamente narra a viagem de um grupo com a missão de escoltar uma bruxa para um mosteiro.

    É uma história superficial, mas que pode ser aproveitada para um cenário de fantasia.

    No GURPS BANESTORM, a historia precisaria de poucas adaptações, pois a Igreja foi transportada para Yrth pelo cataclisma. A bruxa poderia ser susbtituída pela filha de um nobre que foi possuída e os jogadores tem a missão de libertá-la do mal. Vale é a criatividade!

    ResponderExcluir
  6. Esse filme foi ma bomba, até me surpreendeu um pouco no final, mas é muito fraco. Só mesmo filme do Nicolas Cage pra ter um Cruzado "arrependido" do que fez nas Cruzadas. Faça-me o favor....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, concordo com você e acredito que pouquíssimos cristãos, para não dizer nenhum se arrependeria na época. O contexto histórico, a fé cega e a necessidade de terras impuncionaram os cristãos para Jerusalém.

      Excluir
  7. Não vi o filme... mas "matança indicriminada" de muçulmanos em nome da fé transforma os caras em VÍTIMAS, o que nunca foram.

    Eram inimigos, que buscavam expandir seu território (conquistaram todo império bizantino e a Europa oriental) e matavam em nome da fé do mesmo jeito.

    Isso era NATURAL pra época. Tenha isso em mente quando conduzir sua campanha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salvador, legal sua colocação. Devemos lembrar que nessa época o império islâmico dominava o oriente, o norte da Africa e parte da península Ibérica. Tanto a guerra santa crista como a jihad mulçumana pode ser um excelente tema para uma campanha! Como enfatizou, a idade média era uma época de poucos escrúpulos!

      Excluir