Trilha sonora

Onde encontrar boas músicas
(por Filipe Dias)

Definir a trilha sonora para as aventura de RPG, às vezes não é tarefa fácil. Claro, você pode pegar toda a sua biblioteca de mp3 e colocá-los para tocar aleatoriamente, mas corre o risco de no climax da aventura entrar aquela música de "chocobos" felizes. Quando o mestre escolhe a trilha certa, a música contribui muito para o clima do jogo.


O primeiro passo para definir uma boa trilha sonora é decidir qual o clima da aventura a ser mestrada? Sua campanha é de fantasy, tipo o Senhor dos Anéis? É uma crônica vampiresca ou  uma aventura nas Trilhas de Cthulhu? Você está explorando o universo cyberpunk? Agora, relembre os filmes que já assistiu e seus jogos de PC favoritos. Procure na ficha técnica e na internet os autores dessas trilhas sonoras. Use preferencialmente os títulos originais para facilitar a busca nos programas de downloads e sites de compartilhamento de mp3. Pronto, após baixá-las sua biblioteca está montada.


Para organizá-las, é interessante organizar as músicas em pastas com títulos sugestivos como: combate, viagem, descanso, suspense. Dessa forma, fica fácil selecionar as sequências necessárias para usar naqueles momentos cruciais.

Alguns nomes não podem faltar. Hans Zimmer compôs músicas para O Último Samurai, Gladiador, Falcão Negro em Perigo, Hannibal, Call of Duty: Modern Warfare 2, dentre outros. A aclamada trilha da triologia de O Senhor dos Anéis foi orquestrada e conduzida por Howard Shore. A trilha de Blade Runner, filme cyberpunk da década de 1980, saiu da mente de Vangelis. Para finalizar, Inor Zur traz na bagagem as trilhas dos jogos Dragon Age Origins, Prince of Persia, Warhammer 40.000, Star Trek: New Worlds, dentre muitos e muitos outros.


Não descarte as bandas como Rhapsody, Avantasia ou Hammerfall, mas use-as com cuidado, pois nem todos os seus jogadores são fã de metal. Use-as com criatividade, pois além de mestre, você é diretor, ator, cenógrafo, showmam e agora, JD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário