Crônicas RPG

Todas as estórias juntas
(por Filipe Dias)

O primeiro livro de RPG brasileiro de fantasia medieval foi o Tagmar. Entretanto, os trabalhos não pararam por ai.

Crônicas RPG é um sistema que objetiva aproximar o Roleplaying game dos jogos de tabuleiros. A ideia é que as aventuras, aqui chamadas de crônicas, tenha a estrutura de início, meio e fim e que o mestre determine aproximadamente quantas sessões a crônica durará. O sistema permitirá adaptar aventuras de quaisquer RPGs. Ao preparar a estória, o narrador define na Ficha de Crônica as características da aventura, de forma que os jogadores preparem seus personagens à altura dos obstáculos que encontrarão.

Em Crônicas RPG, os personagens são criados nos níveis Dramático, Heroicos ou Épicos. Com base nisso, os personagens estarão balanceados para a crônica prevista. Diferentes dos outros RPGs, onde os personagens evoluem a medida que ganham XPs, aqui, os personagens iniciam o jogo podendo fazer coisas muito além. Isso faz com que o jogo se volte para o presente e que os jogadores deixem de pensar no futuro do personagem.

O sistema é escrito por Pedro Borges e a equipe de desenvolvimento conta com Caio Monteiro, Giselle Almeida, Camila Guedes (ilustradores) e Andreas Avancinni (designer gráfico). O projeto foi desenvolvido através do financiamento coletivo pela Catarse.


6 comentários: