Hammerblood – Cap. XIV – O troll da cabeça negra



Acompanhe o eletrizante desfecho da aventura e curtam o filme do último combate! (por F.L.Dias)


Ao deixarem o mausoléu, Colossos aproveitou para Deixando o enterrar o cajado do necromântico e retornaram para a vila. Imediatamente, pediram uma audiência com o baronete Eöl Hammerhand e relataram sobre o ataque iminente dos trolls. Que lideraria o ataque era um troll de cabeça negra.

A notícia correu o baronato e a população deixou suas casas para se refugiarem no castelo. Entretanto, em muitos pontos nos arredores, nuvens de fumaça se levantavam. O ataque tinha começado.

Todos os homens capazes de lutar foram reunidos no castelo. Eis que pela porta entra Will, o coxo, antigo capitão da guarda e sobrevivente de um encontro com o líder dos trolls. Após muitas discussões de como sobreviver ao ataque de cinquenta trolls, Will falou:

- Senhores, se matarem o líder, os trolls debandarão. Foi assim, da primeira vez que eu os enfrentei. Infelizmente, perdi a minha perna.

Assim, com a ajuda de Nihhill, Colossos, Elster e Araor, traçaram um plano.

- Os trolls estão alocados na mina de cobre. Bem, nós, Nihhill, Colossos, Elster e eu invadiremos a mina e atacaremos os trolls, mas precisamos que vós, Senhor Lorde Hammerhand crie uma distração para atrair o exercito e nos permitir passagem – falou Araor.

- A coragem de vocês serão sempre lembrada. Amanhã ao raiar do dia, marcharemos contra os trolls e os atrairemos. Daremos o tempo que precisarem – assentiu o baronete.

Assim que os aventureiros deixaram o salão do castelo, um homem de cavanhaque de capuz se aproximou.

- Meu nome é Traver, o caolho. Gostaria de acompanhá-los.

Como toda ajuda seria bem vinda, eles aceitaram.

***

Depois dos atrasos costumeiros de Colosso e Ester que sempre tomavam um desjejum grande para duas pessoas, o grupo se colocou em marcha. Traver conhecia bem a mata e os guiou pelo flanco da mina. Ao chegarem sobre ela, Elster usou sua magia para abrir o chão. Nesse momento dois trolls que ficaram como patrulha os atacaram. Sem muitas dificuldades, os aventureiros os derrubaram.

Usando o túnel aberto por Ester, chegaram até a sala inicial da caverna. Trolls que estavam no lado de fora e não foram atraídos pelos homens de Hammerhand, perceberam a movimentação. Eles correram para a caverna, mas Elster fechou a entrada com sua magia trancando-os do lado de fora.

O grupo então avançou caverna adentro para encontrar o líder dos trolls. E lá estava ele. Um troll grande, vestindo uma cota de malha e carregando um escudo. Em suas mãos, um machado que brilhava magicamente. Mais dois troll menores faziam a sua escolta.

Os aventureiros atacaram. O troll de cabeça negra e um outro troll flanquearam pela esquerda do grupo. O terceiro atacou pela direita.

Nihill atacou o troll que franqueava pela direita e com um golpe com a espada de duas mãos decepou o braço do oponente. Colossos e Traver atacou o líder e seu comparsa. Colossos não teve muita sorte e tomou um poderoso golpe de machado do líder, caindo atordoado. Traver então passou a ganhar tempo até que Colossos se levantava.

Elster entrou na batalha. Começou a moldar o chão para aprisionar os trolls. Colossos tentou se levantar e tomou um novo golpe de machado de troll de cabeça negra. Graças a sua armadura continuava vivo. Enquanto isso Araor conjurava bolas de fogo e atacava os trolls, mas levou azar e errou os alvos. Um dos trolls ainda avançava. Ele atingiu Elster que foi jogado por terra. Aproveitando a chance, Nihill o mandou para as profundezas da terra. Todos juntos mataram o ultimo troll que mesmo sem o braço pretendia lutar.

Após matarem todos os trolls, arrancaram a cabeça do líder e retornaram para a vila.

***

Quando nossos cinco corajosos aventureiros chegaram a Hammerblood empunhando a cabeça negra, foram saudados pela população. Sinais de batalha também se estendiam por todos os lados. Hammerhand contou que eles foram obrigados a recuar para o castelo, mas os trolls desistiram do ataque assim que perceberam o engôdo.

Os reforços que o filho do baronete fora buscar chegaram. Enquanto nossos aventureiros iam comemorar sua vitória sobre o troll, Hammerhand empunhou a cabeça e com os soldados saiu na perseguição dos trolls que ainda viviam!

Nossos aventureiros, para os habitantes de Hammerblood, foram coroados heróis. Araor, o mago; Colossos, o gigante; Elster, o halfling e; Nihill, o barbudo, avancem para a gloria, pois fizeram jus a reputação que conquistaram! Força e Honra!

8 comentários:

  1. A sessão foi muito doida! Mereceu até um filme para fecharmos com chave de ouro.

    Mas não acabou! A aventura continua!

    ResponderExcluir
  2. muito loco este confronto , e o filme , espero que ajam muitas continuações , eu ia perguntar qual era o sistema mas já deu pra ver pelo video

    ResponderExcluir
  3. Foi um combate dificil, podia ter fluido para qualquer um dos lados.
    Mas como a história é contada pelos vencedores, os bardos não cantarão alguns detalhes menos importantes...
    Nihil

    ResponderExcluir
  4. Mto massa o desfecho desta campanha. E os mapas + a animação foram a cerejinha pra completar o bolo. Parabéns, Druida, pra vc e pros players.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom o video, primeiro de muitos? hehe

    ResponderExcluir
  6. Sempre que possível farei um filme no termino de alguma sessão doida! A idéia é mostrar como nossa criatividade pode ser o diferencial!

    ResponderExcluir