Cyberpunnk, questão de estilo!

O jogo de rpg em geral depende tanto do mestre, quanto dos jogadores, assim como um filme depende de seu diretor,  atores e uma gama de pessoas que trabalham, para dar vida ao filme. Todos precisam adotar o estilo e o clima para fazerem um bom papel.

No universo cyberpunk, uma campanha é feita sobre diferentes pontos de vista, e pode ter diferentes estilos. Basicamente existe 3 tipos para uma campanha cyberpunk: Special ops, Black ops e Ladrões.

Special ops: o grupo de operações especiais que geralmente trabalha dentro da lei e possuem uma causa específica.  Não é um gênero muito utilizado em uma campanha cyberpunk típica. Esse grupo tem um empregador que fornece equipamentos para as operações, as informações e ate mesmo logística. Um exemplo bem conhecido é os filmes e series do Ghost in the Shell, onde um grupo paramilitar trabalha para o governo.

Black ops: o black ops é um pouco diferente do special ops. Esse grupo paramilitar possui treinamento e táticas militares e de espionagem, mas mantem suas atividades estão à margem da lei. São mercenários, ex-combatentes das forças armadas ou da CIA que trabalham como mercenários, sempre vendendo lealdade para quem pode pagar. A grande diferença em relação ao special ops é que os personagens não possuem o governo para limparem suas barras quando são pegos e a mídia começa a divulgar.

Sobrevivência: o termo é coerente com pessoas que vendem sua mão de obra para qualquer serviço e se importam apenas com a sobrevivência. Nem sempre as pessoas nesta área de trabalho são ruins ou maléficas, só não tiveram a sorte de nascer em um berço de ouro corporado. Como exemplo, temos os membros da tripulação da série Firefly. Um grupo que topa qualquer trabalho. Esse estilo proporciona uma variedade maior de personagens.  Uma razor que cresceu nas ruas, um ex-soldado que se aposentou, um contrabandista de equipamentos ciberneticos ou um pastor televangelista que teve seu horário televisivo roubado por um novo reality show. Costuma ser o estilo mais difícil de mestrar, porque os personagens não possuem ligação e seus objetivos são diversos.

Não importa o estilo que adote em suas campanhas cyberpunk, o importante é manter o clima. Entretanto, se o mestre e os jogadores não cooperarem e desempenharem seus papeis, a aventura está fadada a falhar. Entender qual é o estilo de campanha ajudará tanto ao mestre e aos jogadores a construírem personagens que se adaptam melhor ao tema da aventura, que contribuam para o seu sucesso e não sejam apenas um peso morto a ser jogado na sarjeta. (por LAN, adaptado por F.L.Dias)

6 comentários:

  1. Cara, essa frase já disse tudo: "Todos precisam adotar o estilo e o clima para fazerem um bom papel."

    ResponderExcluir
  2. Clerigo, com certeza! O que Mestres e Jogadores precisam ter em mente é que devem jogar o RPG e aderir ao estilo que os agradam mais.

    Ja insisti com jogadores que jogassem aventuras de cyberpunk com a mesma paixao que jogavam Fantasy. Não conseguia perceber que o estilo deles era fantasy e não que desempenhassem um mal papel em outros generos, mas eles se divertiam muito mais quando jogavam seu estilo favorito!

    Aventuras são construídas por mestres e jogadores! E acertar no estilo faz parte da diversão!

    ResponderExcluir
  3. Além disso. Alguns cenários fortes como Cyberpunk, 3:16, Reinos de Ferro e Midnight exploram a "aparencia acima do conteudo" como já está no neuromancer.

    Por isso alguns jogos precisam de um forma de abordagem diferente. Pouco assimilam a LETABILIDADE de CB logo de inicio. Jogadores acostumados com a "estrategia" de outros RPG's pode jogar uma maneira totalmente desagradavel para o cenário.

    Otima materia.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom brother :D Atualmente to mestrando uma de ex-militares que participaram da longa marcha e foram deixados de lado pelo governo. E agora eles querem vingança contra o governo e as empresas.

    ResponderExcluir
  5. Cara, tema interessante para uma campanha! Cyberpunk é um dos gêneros que o grupo precisa de uma motivação para existir. Personagens de culturas diferentes tendem a não trabalharem bem juntos. A abordagem que tomou é interessante porque dentro de um grupo de ex-militares, você possui vários talentos e todos estão motivados para cumprir um objetivo comum.

    ResponderExcluir
  6. Galera, quais estilos utilizam em suas campanhas?

    ResponderExcluir